Início > EDUCAÇÃO > FATAM PROFESSORES NO ESTADO DE SP

FATAM PROFESSORES NO ESTADO DE SP

Resolução da SEE confirma: provão acarretou falta de professores na rede

Clipping Educacional – APEOESP
Foi publicada no Diário Oficial do Estado de 25/05/2010 Resolução SE 44 que dispõe sobre cadastro de candidatos à contratação por tempo determinado para docência nas escolas da rede estadual de ensino.
A Resolução determina que as Diretorias de Ensino cadastrem professores com habilitação ou qualificação para ministrar aulas de disciplinas que compõem as matrizes curriculares das escolas da rede estadual de ensino e que não participaram do Processo Seletivo Simplificado (provão) para docentes. Sem prejuízo de uma análise mais aprofundada, a decisão mostra que aparentemente está havendo lacuna de professores na rede estadual, em decorrência do provão dos temporários. Isto mostra que tínhamos razão quando dissemos que o provão dos temporários não era a forma correta de contratar professores.
Realizado em dezembro de 2009 com bibliografia extensa, contendo até mesmo títulos esgotados, com apenas um mês para a preparação dos candidatos e em época na qual os professores estavam envolvidos com o fechamento do ano letivo, o provão não avaliou e não valorizou a experiência dos professores em sala de aula. Não fosse a SEE ter acatado reivindicação da APEOESP, alterando seu caráter de eliminatório para classificatório, o provão teria alijado sumariamente do processo de atribuição de aulas milhares de professores habilitados e qualificados, agravando ainda mais os problemas da rede estadual de ensino.
As políticas impostas pela Secretaria Estadual da Educação, como o provão dos temporários, a ausência de política salarial e a promoção por mérito têm provocado desestímulo na categoria e tornado pouco atrativa a carreira docente na rede estadual de ensino. Seus resultados têm sido prejudiciais à qualidade do ensino e, como vemos, vêm provocando também problemas de gestão para a própria SEE. São sinais que indicam a necessidade de mais concursos públicos, carreira justa para o Magistério e de que as atuais políticas sejam revistas, em benefício da escola pública, dos profissionais da educação e de toda a população.
Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: