Início > UTILIDADE PÚBLICA > APÓS PROFESSORES POLICIA CIVIL ENTRA EM GREVE

APÓS PROFESSORES POLICIA CIVIL ENTRA EM GREVE

23/09/2008 – 12h53

VOCÊ SABE O SIGNIFICADO DE  PSDB? VEJA:  PIOR SALÁRIO DO BRASIL

Em passeata, policiais civis em greve em SP pedem a saída de secretário de Segurança

Rodrigo Bertolotto
Do UOL Notícias
Em São Paulo

Policiais civis que estão em greve desde semana passada fizeram nesta terça-feira uma passeata pelo centro de São Paulo reivincando aumento de 60%. Os manifestantes pedem a saída do secretário de Segurança Pública Ronaldo Augusto Bretas Marzagão. Durante o protesto, informaram que continuam em greve por tempo indeterminado.

Ao chegar à secretária, depararam-se com dez policiais militares que faziam a segurança da porta e pediram que os PMs entrassem em operação padrão como forma de apoio à greve da Polícia Civil.

A concentração começou às 9h da manhã, e às 11h saíram da avenida Ipiranga, passando pela avenida São Luis, a rua Xavier de Toledo e o Viaduto do Chá, até chegarem ao prédio da Secretaria de Segurança Pública, no Largo São Francisco.

Várias críticas ao governo do PSBD e de José Serra foram feitas. Os policiais civis carregavam faixas com frases como "sabe o que significa PSDB? Pior salário do Brasil", em alusão à sigla do partido. Como não foram recebidos pelo secretário, cantaram o Hino Nacional e abraçaram o prédio.

O deputado estadual Major Olímpio Gomes (PV) participava da manifestação. Ele puxou coro contra o governador. "José Serra, não sou otário, nossa polícia está lutando por salário", dizia um dos coros. "Marzagão, atenção, nossa polícia não aceita traição", falava outro, atacando o secretário de Segurança Pública.

Cerca de 500 pessoas participavam da manifestação pela manhã. Segundo sindicatos que representam as categorias em greve, houve adesão de 100% no interior e 80% na capital. Dez ônibus vieram do interior e do litoral para a passeata, das cidades de Bauru, Marília, Tupã, Santos, Campinas, Avaré e do Vale do Paraíba. O presidente do Sindicato dos Investigadores, João Batista Rebouças, disse que "nunca houve uma passeata da Polícia Civil tão grande".

"É mais fácil lidar com o PCC do que com esse governo. Há 14 anos, não há diálogo", afirmou José Leal, presidente do Sindicato dos Delegados.

 
 
                                                                                     http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2008/09/23/ult5772u855.jhtm
Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: