Início > EDUCAÇÃO > INFORMES

INFORMES

 

Fax nº 56 –
15/08/2008

Mais
uma vitória dos professores: TRT vai apreciar as  reivindicações da
categoria

A greve dos professores realizada no período de 13 de junho a 04
de julho foi uma grande demonstração de força e organização da categoria,
profundamente desrespeitada pelo governo estadual. Entre os avanços assegurados
pelo movimento grevista, os professores conquistaram reajuste salarial de 5%,
incorporação da Gratificação por Trabalho Educacional, alterações no Decreto
53037 e concurso público para 70 mil vagas.

Além destes avanços que, evidentemente, não correspondem à
totalidade de nossas reivindicações, o movimento grevista também foi vitorioso
ao provocar a interferência do Ministério Público do Trabalho. Diante do não
cumprimento por parte do governo estadual do acordo assinado no Tribunal
Regional do Trabalho, a APEOESP protocolou solicitação para instituição do
dissídio coletivo relativo às reivindicações da categoria. 

Nesta quinta-feira, 14, o dissídio coletivo foi julgado pelo
Tribunal Regional do Trabalho que, por cinco votos a dois, declarou-se
competente para avaliar as reivindicações dos professores, o que poderá obrigar
o governo a acatá-las.

Durante a sessão, o advogado, representante do governo estadual,
fez a seguinte declaração: “espero que este plenário, por unanimidade,
julgue-se incompetente para dar seqüência a este dissídio…”

Equivocou-se profundamente: a primeira intervenção do juiz,
presidente do plenário, registrou a importância da valorização dos professores.
Em seguida, a votação contrariou o desejo do governo estadual: por cinco votos
a dois, o TRT apreciará, em 28 de agosto,  as reivindicações da categoria.

Os professores mantêm o estado de greve e,  a qualquer
tentativa de ataque por parte do governo,  retomarão a luta.

APEOESP

Informes dos REs:

Agora mais que nunca
precisaremos da união e da força de todos para lutar a favor da lei 11.738 a lei do piso salarial, que traz benefícios com a hora atividade de 33%.

Os professores do Rio
Grande do Sul fizeram paralisação em defesa da lei do piso salarial. A UMES
(União
Municipal dos Estudantes Secundaristas de São Paulo) fizeram manifestação em
15/08 contra o sucateamento da educação pública de São Paulo

Caros colegas
professores. Conclamamos a todos que
compareça na assembléia geral no dia 22/08 às 14:00 horas na Praça da República.

A luta e a vitoria será de todos!    

 COMPAREÇA!

 

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: